Bombas de argamassa

Bombas de argamassa Betomaq

Conheça os principais modelos de bombas para argamassa, suas vantagens, principais componentes e diferenças entres os diversos tipos de serviços.

Bomba de projeção BC25


Projeção
de argamassa

Indicadas para reboco projetado, texturização e mais.

Bomba de injeção B25


Injeção de
argamassa

Ideal para preenchimento de falhas e desníveis, etc.

Bomba de argamassa B10


Modelo B10

Modelo versátil especialmente indicado para demandas menores. Confira!


Clique em um link abaixo para ir direto ao ponto desejado.

Bombas de projeção

Para serviços como reboco projetado e texturização, possui um compressor de ar já incorporado à sua estrutura. Trabalha com argamassas industrializadas próprias para projeção ou traçadas em obra com aditivos e com granulometria máxima de 6mm.

Anatomia da bomba de projeção

1 – Motor do compressor

Motor elétrico exclusivo para acionamento do compressor de ar, funciona a parte do sistema principal.

2 – Compressor de ar

Compressor incorporado à estrutura com características específicas para o serviço de projeção. Trabalha com 5.5 bar e 280L/min.

3 – Motoredutor

Motoredutor de acionamento do sistema principal. Equipamento trifásico de 3CV – 220/380V (sistema isento de polias e correias).

4 – Proteção

Capa de borracha que protege o sistema contra respingos de material.

5 – Saída para mangueira de ar

Engate que faz a ligação entre o compressor e a pistola de projeção.

6 – Caçamba

Caçamba confeccionada em aço com capacidade de 125L.

7 – Roda maciça

Roda maciça de borracha para transporte no canteiro.

8 – Extravasor da caçamba

Tem a finalidade de auxiliar na limpeza do material residual após o serviço.

9 – Manômetro

Mostra a pressão de trabalho na linha do material, auxiliando na identificação de entupimentos, consistência do material e vida útil da unidade bomba.

10 – Flange de saída

É a peça que faz a ligação da bomba com a mangueira de projeção. Utiliza acoplamento rápido de 1.1/2″.

11 – Unidade bomba

Consiste no conjunto rotor + estator. É responsável por definir a vazão e a pressão de trabalho do equipamento, sendo uma peça fundamental para o bombeio de argamassas.

12 – Painel da bomba

Interface de controle com comandos simplificados. Controla todos os sistemas de acionamento e segurança.

13 – Tampão

14 – Fechadura do painel

15 – Botão de emergência

Componente de segurança. Quando acionado, interrompe o funcionamento da bomba.

16 – Botão liga/desliga

Faz a partida e a parada do equipamento.

17 – Chave reversora

Define o sentido de rotação do motor conforme a ligação elétrica.


Dados técnicos da bomba de projeção BC25 Evo

Capacidade da caçamba125L
Unidade bomba padrão1E60
AcionamentoMOTOREDUTOR 2,2KW/3CV
MONOFASICO 220V
TRIFASICO 220V/380V
Capacidade teórica25L/min
Pressão nominal de trabalhoAté 15 bar
Alcance máximo vertical*30m
Flange de saídaø 1.1/2″
Granulometria máxima6mm
DimensõesA=800 L=760 C=1750
Peso180kg
Compressor de ar incorporadoCompressor 280l/mim 5.5bar

Depende do material*


A Betomaq também disponibiliza uma linha completa de compressores de ar, consulte-nos!


Bombas de injeção

Para serviços de injeção de argamassa, tais como preenchimento de desníveis e mais. As bombas de injeção também são aptas a realizar serviços de projeção quando combinadas com um compressor de ar. O equipamento trabalha com argamassas industrializadas ou traçadas em obra com granulometria máxima de 6 mm.

Além do modelo principal B25, também estão disponíveis modelos variantes, como B40 e B60, que possuem capacidade, produção e potência diferentes.

Anatomia da bomba de injeção

1 – Compartimento do motoredutor

Chapa de aço protetora do sistema de acionamento (motoredutor)

2 – Caçamba

Caçamba confeccionada em aço com capacidade de 125L.

3 – Painel

Interface de controle com comandos simplificados. Controla todos os sistemas de acionamento e segurança.

4 – Manômetro

Mostra a pressão de trabalho na linha do material, auxiliando na identificação de entupimentos, consistência do material e vida útil da unidade bomba.

5 – Flange de saída

É a peça que faz a ligação da bomba com a mangueira de projeção. Utiliza acoplamento rápido de 1.1/2″.

6 – Unidade bomba

Consiste no conjunto rotor + estator. É responsável por definir a vazão e a pressão de trabalho do equipamento, sendo uma peça fundamental para o bombeio de argamassas.

7 – Roda maciça

Roda maciça de borracha para transporte no canteiro.

8 – Chave reversora

Define o sentido de rotação do motor conforme a ligação elétrica.

9 – Botão liga/desliga

Faz a partida e a parada do equipamento.

10 – Botão de emergência

Componente de segurança. Quando acionado, interrompe o funcionamento da bomba.

11 – Fechadura do painel

12 – Tampão


Dados técnicos das bombas de injeção

Bomba de injeção modelo B25

Capacidade da caçamba125L
Unidade bomba padrão1E60
AcionamentoREDUTOR
MOTOR 2,2KW/3CV
TRIFASICO 220V/380V
Capacidade teórica25L/min
Pressão nominal de trabalhoAté 15 bar
Alcance máximo vertical*30m
Flange de saídaø 1.1/2″
Granulometria máxima6mm
DimensõesA=535 L=580 C=1750
Peso220kg
Compressor de ar incorporadoNão

Depende do material*

Bomba de injeção modelo B40

Capacidade da caçamba125L
Unidade bomba padrão1E60
AcionamentoREDUTOR
MOTOR 3,7KW/5CV
TRIFASICO 220V/380V
Capacidade teórica40L/min
Pressão nominal de trabalhoAté 15 bar
Alcance máximo vertical*30m
Flange de saídaø 1.1/2″
Granulometria máxima6mm
DimensõesA=535 L=580 C=1750
Peso200kg
Compressor de ar incorporadoNão

Depende do material*

Bomba de injeção modelo B60

Capacidade da caçamba200L
Unidade bomba padrão1E60
AcionamentoREDUTOR
MOTOR 5,5KW/7,5CV
TRIFASICO 220V/380V
Capacidade teórica60L/min
Pressão nominal de trabalhoAté 15 bar
Alcance máximo vertical*30m
Flange de saídaø 1.1/2″
Granulometria máxima6mm
DimensõesA=765 L=760 C=1750
Peso250kg
Compressor de ar incorporadoNão

Depende do material*


Aqui está um video demonstrativo sobre o conjunto de projeção com a bomba B25 e o misturador M80. Nesta demonstração, utilizamos um compressor à parte.


Unidade bomba e acessórios

A unidade bomba é a peça chave do funcionamento do equipamento, é ela quem define a vazão e a pressão de trabalho. As bombas Betomaq trabalham com um leque de conjuntos rotor + estator para atender a diferentes demandas do mercado.

Trabalhamos com uma faixa de pressão de 2 à 50 bar e com vazão de até 140 L/min.

Os modelos mais comuns de estatores possuem 2 versões: A versão com capa de aperto extende a vida útil da peça, enquanto a versão sem capa não necessita de manutenção.

Modelo com capa de aperto
Modelo sem manutenção

A enorme gama de combinações entre modelos de bombas de injeção e conjuntos de rotores e estatores supre praticamente qualquer demanda.

O nosso time de especialistas com certeza vai encontrar a combinação ideal para o seu serviço.

Acessórios


Bomba de argamassa modelo B10

O modelo Betomaq B10 é extremamente versátil e indicado para demandas menores. Esse equipamento compacto é capaz de realizar serviços de projeção, injeção, texturização e pintura, podendo ser fornecido com ou sem um compressor incorporado. trabalhando com materiais de granulometria máxima de 2mm.

Anatomia da bomba de argamassa modelo B10

1 – Funil de fibra

Compartimento onde o material será despejado. Feito de fibra de vidro com capacidade de 30L.

2 – Painel

Interface de controle com comandos simplificados. Controla todos os sistemas de acionamento e segurança. Possui acionamento monofásico 220v

3 – Proteção do motoredutor

Chapa de aço galvanizada que protege o sistema contra respingos.

4 – Motoredutor de acionamento

Motoredutor de 2CV para acionamento do sistema principal. Sistema isento de polias e correias.

5 – Corpo da bomba

Peça feita em aço com formato em “Y” para facilitar a passagem do material. Faz a ligação entre o funil e a unidade bomba.

6 – Cavalete

Peça estrutural em aço, serve de suporte para o resto do sistema.

7 – Unidade bomba

Consiste no conjunto rotor + estator. É responsável por definir a vazão e a pressão de trabalho do equipamento, sendo uma peça fundamental para o bombeio de argamassas.

8 – Compartimento para compressor

Para serviços de projeção, a B10 pode ser fornecida com um compressor incorporado ou à parte.

9 – Flange de saída

É a peça que faz a ligação da bomba com a mangueira de projeção. Utiliza acoplamento rápido de 1″.

10 – Botão liga/desliga

Faz a partida e a parada do equipamento.

11 – Acionamento da reversão

Em casos de entupimento do sistema, serve para reverter o sentido do material e aliviar a pressão.

12 – Botão de emergência

Componente de segurança. Quando acionado, interrompe o funcionamento da bomba.

13 – Variador de vazão

Controla a saída do material. A vazão da B10 pode variar de 2 a 10 L/min

14 – Fechadura do painel

15 – Tampão


Conjuntos de injeção e projeção

Para acompanhar a linha de bombas, a Betomaq também fabrica uma linha completa de misturadores de argamassa, projetados para trabalhar em perfeita harmonia com as bombas nos quesitos capacidade e tempo de mistura.

Caso a sua obra tenha uma necessidade especial, também personalizamos os equipamentos (com adição cambão por exemplo).


Eleve a produtividade da sua obra para o próximo nível

A Betomaq possui uma linha completa de equipamentos para suprir a sua necessidade.

Conheça outros equipamentos para argamassa clicando aqui

Solicitar Orçamento

Preencha o formulário abaixo e nos mande uma mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Veja outras formas de falar conosco clicando aqui






    Conheça nossas representadas